Justiça indicia dois suspeitos pela morte da jovem Thamyris Alexandra em Marilândia

A Polícia Civil do Espírito Santo concluiu o inquérito e indiciou dois suspeitos pelo assassinato da jovem Thamyris Alexandra Virgulino Pascoal, de 18 anos, em Marilândia. O crime aconteceu em abril deste ano.

Ivanildo Pereira da Silva foi apontado como o principal responsável pelo crime. Segundo as investigações, ele teria agredido e asfixiado Thamyris antes de enterrá-la em uma cova rasa em uma área de difícil acesso.

A motivação do crime ainda está sendo apurada, mas a Polícia Civil trabalha com a hipótese de dívida relacionada ao tráfico de drogas ou um desentendimento durante um programa sexual. Bruno da Conceição, amigo de Ivanildo, também foi indiciado por auxiliar na ocultação do corpo.

O laudo técnico comprovou a participação de Bruno no crime, e ele foi preso após as investigações. Thamyris estava desaparecida desde o dia 9 de abril, quando foi vista pela última vez saindo do carro de Ivanildo.

A família da jovem procurou incansavelmente por ela, e o corpo só foi encontrado três dias depois, após Ivanildo confessar o crime e indicar o local do corpo. A Justiça agora analisará o inquérito e decidirá se os dois indiciados serão levados a júri popular. A família de Thamyris cobra justiça e espera que os responsáveis pelo crime sejam punidos com rigor.